quarta-feira, 25 de agosto de 2010

Preconceitos

Somos simples seres humanos incapaz
De enxergar além de um rosto bonito ou
Um corpo perfeito.
Vivemos embriagados de preconceitos com tudo.
O que importa para muitos são o tem e o que são,
Uma sociedade sem qualquer escrúpulo, sem diguinidade
Preferem pisar em qual quer um para conseguir aquilo que quer
Para mim não passam de simples vermes, abutres a espera de um pobre
Animal a beira da morte.
Vivem em tocaias montando armadilhas para que sua presa caia,
Mais não sabem eles que na sua realidade não passam de uma presa do destino.




Carlos Roberto

3 comentários:

Silene disse...

Oi Carlos... Sua visita foi como um acalento para minha alma, repouso para minhas dores.

Agradeço imensamente pelo carinho e por tão belas palavras. Tens um coração sensível e perceptivo. Gosto de pessoas intensas, que falam a linguagem dos sentimentos.

Estou muito feliz pelo nosso encontro e por nossa afinidade.

Beijos, muitos beijos.

Sil. Mas pra você pode ser Sisi...

izilgallu disse...

Olá Carlos obrigado por sua visita, continue, você escreve muito bem
virei te visitar sempre
Abraços

Danny disse...

Carlos, Adorei teu blog também. Obrigado pela visita

Estarei sempre a caminhar por aqui.

Beijos na Alma.
>>Dani

Postar um comentário