quarta-feira, 25 de agosto de 2010

Ao Brilho De Uma Estrela

Ao cair à noite vejo em todas as estrelas do céu
Um brilho inexplicável é como se elas estivessem
Iluminando o mais profundo de minha alma
A beleza com que as vejo é inigualável
E mesmo quando se vão deixa em seu lugar
A certeza de que todos os amantes do universo se
Lembraram dela.
Por ter transmitido paz, luz e amor.





Carlos Roberto

1 comentários:

Silene disse...

Carlos... todos os poetas são amantes da noite.
Gostamos desse mistério, da lua ,das estrelas que parecem mesmo iluminar nossa alma, nossa vida. Nos inspiramos com essa magia noturna e desejamos permanecer acordados enquanto todos dormem.

Seu blog é muito lindo! Parabéns!

Voltarei com tempo para ler as postagens que não ainda li e comentá-las uma por uma. Faço questão!

Grande beijo da Sisi.

Postar um comentário